Novo Encontro (Domingo 03/11/2019 às 20h00)
02/11/2019
Meditação diária de 04/11/2019 por Flávio Reti – Jean François Champollion
04/11/2019

Meditação diária de 03/11/2019 por Flávio Reti – Nicolau Copérnico

03 de novembro

I Coríntios 2:9  “As coisas que os olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam”

Nicolau Copérnico

Está aí um polonês, astrônomo e matemático que revolucionou a maneira de pensar dos homens da Idade Média, porque ele desenvolveu a teoria heliocêntrica do sistema solar. Ele ainda acumulou as funções de padre católico, de administrador e governador, jurista e médico. Sempre se pensou que a terra era o centro do sistema solar, tudo girava em torno da terra, aí vem Copérnico afirmando que tudo gira em torno do sol no nosso sistema, porque ainda há outros sistemas dentro da nossa mesma galácia. Esse foi o ponto nevrálgico sobre o qual se fundamentou a astronomia. Os gregos (Aristóteles e Ptolomeu) negavam o movimento da terra afirmando que se a terra se movesse no espaço, as aves no céu, as nuvens, objetos em queda livre seriam deixados para trás. Como a ignorância às vezes prevalece, um cardeal, presidindo um tribunal, pediu que proibissem Copérnico de promover sua teoria. Copérnico acreditava que a terra nada mais era do que um outro planeta que girava em torno de seu eixo todo dia e em torno do sol anualmente. Daí ele partiu para a explicação dos equinócios baseando-se na inclinação de seu eixo de rotação. Explicou também as estações do ano descrevendo a inclinação dos raios solares na terra conforme sua órbita. Copérnico descreveu o sol como centro dos corpos celestes, mas nunca disse que o sol era o centro do universo. Até o ano de 1700 muitos astrônomos ainda duvidavam do sistema proposto por Copérnico. Mas Galileu e Kepler assimilaram e entenderam e colaboraram nos cálculos para melhorar ainda mais a proposta de Copérnico.

A bíblia é clara ao afirmar que aqui em nossa terra será estabelecido o trono do universo. O trono de Deus, para ser mais claro. E todos os mundos deverão girar em torno do trono de Deus que estará aqui na terra. Para que isso aconteça, todos os demais astros e planetas deverão mudar sua rota e seu movimento de rotação. A terra não era o centro do universo, não era o centro do nosso sistema planetário, mas para a terra vir a ser o centro onde estará o trono de Deus deverá haver uma revolução astronômica no universo. Minha cabeça é muito diminuta, muito pequena, para entender tudo que deverá acontecer para a terra vir a ser o centro do universo, mas segundo à bíblia, isso vai acontecer. No momento a terra já é o centro de atenção do universo, não o centro físico ainda, porque todos os mundos não caídos olham para cá e observam os acontecimentos ocorrendo na terra e se perguntam qual o fim disso tudo. A terra nesse exato momento já é um espetáculo aos olhos dos mundos não caídos, já é o centro de atenção. Mas virá o tempo em que ela será o local do trono de Deus e como tal o centro do universo (Apoc. 21:3). O conhecimento que temos hoje sobre o universo de Deus é muito ínfimo, somos praticamente analfabetos. A maneira como Deus governa o universo está muito além da nossa compreensão. Muita coisa ainda nos será revelada depois da vinda de Jesus quando já estivermos na nova terra renovada. Por isso nosso anseio deve ser o mesmo de João quando escreveu o Apocalipse: “Ora, vem Senhor Jesus!”

Os comentários estão encerrados.