Culto de Sábado
01/01/2021
Culto de Domingo
02/01/2021

Meditação diária de 02/01/2021 por Flávio Reti – Por que você fez isso comigo?

02 de janeiro

Mateus 13:28 “Ele, porém, lhes respondeu: Um inimigo fez isso” 

Mateus 13:28 “Ele, porém, lhes respondeu: Um inimigo fez isso” 

Essa é a pergunta mais comum entre os namoradinhos adolescentes que ainda não sabem raciocinar de causa para efeito, não conseguem filtrar as situações e não entendendo a situação sempre perguntam quase chorando: Por que você fez isso comigo? Eles, os adolescentes, se perguntam entre si, mas, quando você, adulto com experiência de vida, vê sua situação e a situação do mundo a quem você pergunta a causa dessa situação quase insuportável e inóspita ao seu redor? Se fecho os olhos e me ponho a meditar no início quando o homem vivia sob delícias no paraíso, quando tudo era felicidade e contentamento e o inimigo de Deus se atreveu a seduzi-lo, eu concluo perguntando: Por que ele fez isso conosco? Ele levou nossos pais a pecar e nos deixou nessa vida miserável que vivemos agora correndo o risco de nos perder para a eternidade. Por que ele fez isso conosco? Na verdade, ele fez isso conosco para atingir a Deus, uma vez que nós somos criaturas do amor de Deus. O ciúme, a inveja levaram lúcifer a tentar desacreditar a Deus, a ter inveja de Cristo e querer usurpar o trono do universo. E para ferir o coração amoroso de Deus, ele levou nossos pais ao pecado, não se importando com o nosso sofrimento que viemos arrastando nesses seis mil anos de pecado. Mas a boa nova do evangelho é que tudo isso um dia terá fim e Deus já determinou um dia em que vai julgar o mundo (Atos 17:31) porque o “príncipe deste mundo já está julgado” (João 16:11). Um dia Deus esclarecerá e nós vamos entender nos mínimos detalhes a saga do pecado desde que o orgulho e a inveja se implantaram no coração de lúcifer. Lá, quem sabe às sombras das árvores do recriado paraíso, nós vamos ter a resposta completa à nossa pergunta: Por que ele nos fez isso conosco? E uma vez entendido daremos glórias a Deus pela maneira que conduziu os negócios deste mundo. Como disse Ellen White, “Passando em revista a nossa história, percorrendo todos os passos de nosso progresso até ao estado atual, posso dizer: “Louvado seja Deus!” Quando vejo o que Deus tem executado, encho-me de admiração por Cristo, e de confiança nEle como dirigente. Nada temos a recear no futuro, a não ser que nos esqueçamos do caminho pelo qual Deus nos tem conduzido” (Igreja Remanescente, p.27). Um dia Ele esclarecerá.

Os comentários estão encerrados.