Meditação diária 28/04 – Quando é a melhor hora para desmamar uma criança?
28/04/2021
Meditação diária 30/04 – Quando chegar sua vez no juízo, qual vai ser sua reação?
30/04/2021

Meditação diária 29/04 – Quando é época de chuva, do que você se lembra?

I Tessalonicenses 5:18  “Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus”

Eu me lembro de visitar meu sogro que morava no sítio e em época de chuva não havia muito o que fazer por lá. Ele aproveitava para debulhar milho para as galinhas, pôr cabo nas ferramentas, amolar as enxadas e o restante do tempo ficar vendo a chuva. Mas ele dizia uma coisa que me lembro muito bem: “Dia de chuva é dia de comer bem”. E ele mesmo se preocupava em fazer um bolo, fazer canjica, paçoca. Matava frango para fazer aquele almoço! Mas há quem prefira aproveitar a época de chuva para se lembrar das enchentes, das inundações, dos deslizamentos de terra das encostas. Agora mesmo, o Rio de Janeiro e as cidades vizinhas de Santos estão lá com enormes cicatrizes de deslizamentos que engolfaram casas e famílias deixando um saldo de muita destruição. Para quem viveu esses pesadelos fica difícil esquecer e a cada chuva tudo vem à lembrança. Alguns se lembram do dilúvio, embora não presenciado pela nossa geração, temos os relatos bíblicos e muitas provas na crosta terrestre de sua passagem sobre a terra. 

Os agricultores se lembram da chuva como a época certa para plantarem e depois têm medo dela na época da colheita, porque se ela vier no tempo da colheita ela estraga o que ajudou a produzir. Alguns chacareiros que costumam plantar nas várzeas têm medo que venha as enchentes e arrasem com suas hortaliças, a esperança de seu sustendo vendida nas feiras da cidade. Quem mora em locais de risco, a cada chuva, só se lembra do que aconteceu aqui e ali e se põe com medo de acontecer com ele também. Mas os que não são agricultores, não são chacareiros, não moram em área de risco, não têm o que temer. É ver a chuva e esperar que ela passe para a vida voltar ao normal, simples assim, afinal ela limpa o ar, refresca no tempo de calor, limpa as ruas, dão nova vida às plantinhas do jardim, faz brotar os pastos para o gado e muitas outras coisas. Percebe que a mesma chuva é uma coisa para alguns e outra coisa para outros. Assim são todas as bênçãos de Deus. Para alguns o sol é vida, é oportunidade de muitas coisas, para outros o sol mata, atrapalha os negócios. Verdade é que nós quase nunca estamos totalmente contentes com tudo que se passa nesta vida. Diferente do que disse o apóstolo Paulo que pediu para em tudo dar graças a Deus (Efés.5:20). Será que conseguimos fazer isso?

Flávio Reti

Os comentários estão encerrados.