Meditação diária 08/08
08/08/2021
Meditação diária 10/08
10/08/2021

Meditação diária 09/08

E daí, vamos ter um bom ano ou não? 

Apocalipse 22:12 “Eis que cedo venho e está comigo a minha recompensa para retribuir a cada um segundo a sua obra” 

Já passamos da metade do ano e depois do meio é caminhar para o final. Alguém fez a seguinte pergunta: Até onde o cachorro entra no mato? Parece estúpida a pergunta, mas não é, porque o cachorro só entra no mato até o meio, porque depois do meio ele já vai estar saindo. Assim somos nós, até o meio do ano estávamos entrando no ano, mas agora que já passamos do meio do ano já estamos terminando o ano. Mas como ainda não chegamos ao final propriamente, não é possível ainda dizer se foi um bom ano ou se foi um mau ano. 2020 foi péssimo para muita gente. Com o aparecimento da Covid19, o tal corona vírus, muita gente morreu, muitos comerciantes faliram e muitos empregados perderam o emprego. A economia desabou, o país quase andou para trás e o PIB (produto interno bruto) zerou. Foi realmente um péssimo ano economicamente falando. O mundo às vezes passa por algumas ondas de infortúnios que deixa a população assustada. Tivemos a gripe suína, depois a gripe aviária, a Sars e por último a Covid 19 que fez um estrago danado nas famílias, na economia mundial, em todos os países da Ásia, da Europa e da América. A população mundial vive dias de suspense, não sabe que rumo tomar e não tem para onde correr. O apóstolo Paulo, escrevendo ao seu filho na fé, Timóteo, assim se expressou: “Sabe, porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos” (II Tim.3:1) ou difíceis. Politicamente as nações estão sempre em pé de guerra, os governos não conseguem mais conversar amistosamente e sem provocação. As ameaças de guerra aqui e ali são frequentes e o custo dessa insegurança se reflete na compra de armamento cada vez mais sofisticado. Já não se fala mais em fuzil, canhão, tanques de guerra, mas o que se ouve é teleguiado, foguetes com ogivas nucleares, radares inteligentes vigiando o inimigo, satélites espiões programado com GPS para localizar o inimigo e orientar foguetes que vão atingir o alvo com precisão de centímetros. Este mundo se tornou um lugar perigoso para se viver, precisamos sair daqui logo e para isso nossa esperança está no retorno de nosso Senhor Jesus Cristo muito em breve. Podemos dizer com certeza que doravante não vamos mais ter bons anos pela frente, porque a situação do mundo está se afunilando e os incrédulos não sabem aonde isso vai dar, mas nós que temos a palavra profética e as promessas de Jesus sabemos muito bem como vai ser o desenrolar dessa situação cada vez mais caótica. Jesus em breve virá, essa é a boa nova.

Os comentários estão encerrados.