Meditação Diária de 24/05/2017 por Flávio Reti
24/05/2017
Meditação Diária de 25/05/2017 por Flávio Reti
25/05/2017

Comentários da Lição 9 (2o Trim/2017) por Flávio Reti

LIÇÃO 9 – SEJA QUEM VOCÊ É (20 – 26 DE Maio)

 -Paulo escreveu 13 dos 27 livros do Novo Testamento (em forma de cartas)

-Pedro só escreveu 2 cartas: I e II Pedro aos peregrinos da dispersão judaica

-Muitos judeus haviam fugido de Jerusalém por causa da repressão romana

-Não podemos dizer que Pedro foi um grande escritos, mas ele foi um dos escritores

-Pedro disse que Paulo escrevia pontos difícil de entender (Lógico, Ele fora membro do Sinédrio)

-Cada um tem seu modo de se expressar, isso é o que chamamos de estilo

-Hoje as pessoas copiam quase tudo da internet e o professor descobre rapidinho

-No verso áureo Pedro faz uma sequência de virtudes, parece uma escadinha para chegar ao céu

-Leia o verso (II Pedro 1: 5 – 7) e ali ele cita 7 virtudes começando com a fé

-Fé, virtude (bondade), ciência (conhecimento), domínio próprio, perseverança, piedade (afeição), amor

-Mas ele fala mais coisas como “o que significa estar em Cristo”

-Certeza da salvação, promessa de vida eterna, o reino eterno de Cristo (Ele é eclético)

-Pedro era um camarada ciente das coisas e dos acontecimentos da vida, posso crer

-Ele era franco ao falar de sua partida que ele sabia estava muito próxima (1:14)

DOMINGO – UMA FÉ PRECIOSA

-Pedro fala de uma fé preciosa, o autor da lição fala de uma fé valiosa

-A fé preciosa porque sem fé é impossível agradar a Deus

-Desobedecendo, desrespeitando, mal se relacionando com Deus não há futuro garantido

-Porque é Deus quem promete vida futura, eterna felicidade

-E é pela fé que nos apropriamos das promessas de Deus, por isso a fé é algo precioso

-Pedro toca também no conhecimento de Deus (graça e paz no pleno conhecimento de Deus)

-É um tanto estranho não conhecer quem nos criou e que quer nos salvar um dia

-Se você não conhece a Deus, você não conhece quem o ama, quem é amor, quem o salva

-Sábio é quem aprende por experiência própria, todo quem aprende pela experiência de outros

-Quem aprende dos outros aprende pouco, quem aprende por si aprende mais

-É por isso que a igreja insiste na leitura da bíblia e no estudo da lição individualmente

-Essa recapitulação que fazemos aqui no sábado é muito pouco, isso não é estudo

-Deus nos muda e nos reforma por meio do conhecimento e do amadurecimento cristão

SEGUNDA – AMOR, ALVO DAS VIRTUDES CRISTÃS

-Entenda virtudes como coisas boas na vida dos cristãos. Chamamos de virtudes cristãs

-E não pense que só estamos preocupados com as boas coisas cristãs na vida

-Até a igreja católica publicou uma série de virtudes para consagração dos católicos

            Missionariedade e pastoreação – Espiritualidade e humanidade

            Exemplaridade e Fidelidade – Racionalidade e amabilidade

            Honestidade e maturidade – Fiabilidade e sobriedade.

-Veja a lista completa em:

http://br.radiovaticana.va/news/2015/12/21/cat%C3%A1logo_das_virtudes_necess%C3%A1rias_texto_integral/1195837

-Aristóteles disse o seguinte: “Para praticarmos bons atos devemos ter conhecimento do bem”

-Além das virtudes éticas, há também as virtudes espirituais que visam a felicidade do homem

-E para chegar à felicidade é necessário viver racionalmente, seguir a virtude

-Muitos autores fazem sua lista de virtudes éticas e outros autores as virtudes cristãs

-Pedro fez a dele, aquela lista que ficou na parte de domingo

-Agora veja, aas virtudes listadas por Pedro são virtudes cristãs, as que nos interessam

-Cada autor faz sua lista com um objetivo no qual elas desembocam, terminam, chegam

-As virtudes de Pedro desembocam no amor, o ápice das virtudes cristãs, um atributo de Deus

TERÇA – SEJA QUEM VOCÊ É

-Esse conselho pode ser traiçoeiro, depende de como você o vê. Pode ser bom e pode ser ruim

-Pode insinuar que você sendo mau, deve continuar sendo mau

-Ou que você é bom e deve continuar sendo bom

-Se você é mau é isso que você deve continuar sendo

-Ou se você é bom é isso que você deve continuar sendo

-Hoje é muito arriscado ser como somos – Devemos ser como Cristo, nosso exemplo

-Mas no reino do céu, seremos o que seremos, livres, perdoados, santos, eternos

-Então, lá sim, o conselho fará sentido. Lá seja o que você é

-Mas não vai virar uma anarquia com cada um querendo ser o que quiser ser?

-Penso que não, porque lá teremos uma natureza santa, nossos desejos e intenções serão santos

-Ninguém, na nova terra, terá deseja de praticar o que não estiver sob a lei do amor

-Nossa liberdade no céu não precisará ser vigiada, ninguém terá o desejo de errar

-Seja o que você é, se você for nova criatura em Cristo

-entendemos que devemos ser como Cristo que é o que significa ser cristão

QUARTA – DEIXANDO O TABERNÁCULO

-Deixar o tabernáculo foi uma figura de linguagem que Pedro usou para dizer que iria morrer

-Em vários outros lugares o corpo é chamado de templo do Espírito Santo (I cor.16:9)

-Paulo diz que somos o santuário de Deus onde o Esp. Santo habita (I Cor.3:16 e 17)

-A vida não está numa alma, mas a vida está no corpo

-Logo, deixar este tabernáculo é o mesmo que dizer que a vida vai deixar de existir neste corpo

-Não devemos confundir o que Pedro disse com a ideia de uma alma que deixa o corpo

-Sempre que a bíblia fala da morte ela sempre relaciona-a com a ressurreição

-A bíblia nunca alia a morte com a imortalidade da alma. A morte é um sono e nada mais

-Depois da morte a bíblia fala em ressurreição e em um corpo novo

-Não faz sentido ressurreição dos mortos se a alma é imortal

-Além disso alma é um corpo com vida. Um não existe sem o outro. Ambos são alma vivente

QUINTA – FÉ DIANTE DA MORTE

-Pela expressão, a atitude de Pedro era de serenidade diante da morte

-Porque ele fala dela com naturalidade – “estou para deixar este tabernáculo”

-Lembra do rei Ezequias como se perturbou quando o profeta anunciou sua morte?(II Reis 20:1-3)

-Era tão natural para Pedro que ele aproveitou para animar os crentes para prosseguir

-A tradição, não a bíblia, afirma que Pedro foi para Roma onde enfrentou o martírio

-Tito Flávio Clemente de Alexandria (150 – 215) fala do martírio de Pedro em Roma

Inácio de Antioquia da Síria (68 e107, discípulo João, também fala de Pedro em Roma

-Euzébio de Cesareia citando Orígenes (185 – 254), diz que “Pedro foi crucificado de cabeça para baixo, uma forma de martírio que ele mesmo considerou justa”

– Eusébio de Cesaréia  (260-340), na sua “História Eclesiástica”: “O  apostolo Pedro  na Judéia, empreendeu uma longa viagem além-mar… para o Ocidente, veio para Roma” (História , II, 14, 4-5)

 “Nero foi também o primeiro de todos os inimigos de Deus, que teve a presunção de matar os apóstolos. Com efeito conta-se que sob o seu reinado Paulo foi decapitado em Roma.  E ali igualmente Pedro foi crucificado. Confirmam tal asserção os nomes de Pedro e de Paulo, até hoje atribuídos aos cemitérios da cidade” (História, II, 25, 5).

-Ellen White também fala de Pedro crucificado de cabeça para baixo a pedido seu (A.A. p.538)

-Pedro em Roma era um judeu e estrangeiro, nenhum favor poderia esperar do imperador

-Aliás o grupo de cristãos era visto com suspeita dentro dos termos do império

-Nesta época Nero governava o Império (54 – 68), o mais tirano de todos

 

SEXTA – CONCLUSÃO

-Vamos entender o “seja o que você é” como Seja autêntico

-Ame o próximo como deseja ser amado e como fez Jesus

-É muito difícil no mundo de hoje amar num contexto de ódio, mas ele amou até morrer

-Mas foi num contexto semelhante que Jesus venceu durante seu julgamento e sua execução

Os comentários estão encerrados.