Meditação de Pôr do Sol de 07/10/2016 por Raquel Vieira
04/10/2016
Meditação de Pôr do Sol de 14/10/2016 por Rebeca Silva Dantas
15/10/2016

Comentários da Lição 3 (4º Trim/2016) por Flavio Reti

JÓ TEMIA A DEUS POR NADA?
por Flavio Reti

Introdução
-O título da lição é uma pergunta. A resposta implica a motivação
-Ao final, você deverá responder a pergunta. Por quer Jó temia a Deus?
-Temia a Deus pela grande família que tinha?
-Temia a Deus pelas propriedade que possuía?
-Temia a Deus pelo padrão de vida que vivia?
-Ou temia a Deus por que era um homem íntegro que se desviava do mal?
-E se era um homem íntegro, o que o levava a ser esse homem íntegro?
-Faça essas mesmas pergunta a você. Qual a sua motivação de ser como você é?

Domingo – Jó, servo de Deus – 09 de outubro 2016
-Satanás acusou Deus por causa de Jó. Veja, ele não acusou Jó
-Disse ele que Jó era o que era porque Deus o acumulou de bens (criou uma cerca ao redor dele)
-Era alguma coisa natural – Ele servia a Deus e Deus o abençoava, simples assim
-A acusação de satanás era verdadeira, Deus o havia abençoado com muitas bênçãos
-Satanás disse a Deus que Jó era interesseiro. Ele o servia por causa do que tinha recebido
-Aqui estava a mentira. Satanás é um mentiroso – desde o princípio (João 8:44)
-A pergunta que Deus fez a satanás era: Observaste meu servo Jó? Homem temente e íntegro
-Resposta de satanás: Por acaso Jó teme a Deus por nada?
-Em suma, satanás estava dizendo que Deus não era o que dizia ser
-Ele estava dizendo que Deus comprava a integridade de Jó com bens
-Que Jó não servia a Deus por amor, mas por interesse, logo, os dois estavam errados
-Ambos eram reciprocamente fieis por conveniência (Deus a Jó e Jó a Deus)

Segunda – Pele por Pele: A luta continua – 10 de outubro 2016
-Pela segunda vez, Deus pergunta a satanás se ele havia observado seu servo Jó
-Ao que ele respondeu: pele por pele. Em outras palavras, elas por elas
-Você o abençoa com tudo e ele obedece em tudo, elas por elas
-Deus queria que ele entendesse que em todo o universo impera a lei do amor
-Não era por interesse de ambas as partes
-Era por amor de ambas as partes.
-Deus amava e dava. Jó recebia, reconhecia e amava
-E Deus permite que satanás faça o teste
-Até aqui Jó ignorava a conversa entre Deus e satanás

Terça – Bendito seja o nome do Senhor – 11 de outubro 2016
-Então satanás começa infligir perdas sobre a vida de Jó
-O objetivo não era atingir Jó, era atingir a Deus. Jó era apenas o meio de fazer isso
-Era tentativa de provar que os seres celestiais o servem por alguma compensação
-Que Deus não é um Deus de amor, é um Deus interesseiro, egoísta no final
-Satanás usou Jó para provar que Deus era arbitrário
-Deus também usou Jó para provar que as acusações contra ele eram falsas
-Em momento algum Deus forçou Jó de alguma maneira
-Era uma demonstração a todos os seres do universo que seres inteligentes o servem por amor
-O testemunho de Jó admirava os seres celestiais.
-E depois de séculos ainda nos admira também.
-E levanta a pergunta: qual a nossa motivação?

Quarta – A Esposa de Jó – 12 de outubro
-A esposa de Jó também foi atingida pelas calamidades infligidas a Jó
-Ambos perderam filhos, bens e a saúde. Ambos estavam a ponto de sucumbir
-A certa altura ela também deveria estar a não aguentar mais
-Na realidade ela não pediu pra Jó amaldiçoar a Deus
Obs. Veja na nota de sexta-feira que amaldiçoar tem a mesma raiz de bendizer
-Ela pediu que ele deixasse de lutar. Agradecesse a Deus e desistisse da vida
-Ela estava sendo uma segunda vítima na história de Jó, sofrendo a mesma infelicidade
-O conflito entre Deus e satanás nos atinge a todos num momento ou noutro
-Tem aqui uma lição para nós outros que estamos vendo a história:
-Devemos tomar cuidado para não sermos uma pedra de tropeço como estava ela talvez sendo
-O conselho dela para Jó não foi um bom conselho, deixa a ideia de que ela estava sendo usada
-Mas o pivô da história era Jó e ele prova sua integridade sem pedir nada em troca
-Desde a resistência de Jó, satanás desaparece da história, não se fala mais dele na história de Jó

Quinta – Obediência até a Morte – 13 de outubro de 2016
-Aqui está o resumo: Em tudo isso Jó não pecou com seus lábio contra Deus
-Por que “com seus lábios”? Satanás havia dito que ele amaldiçoaria Deus na cara
-Jó não pecou com palavras e menos ainda com ações, embora satanás explorasse o máximo
-Jó era pecador por natureza, mas nesse incidente ele não pecou
-Lembra que satanás tentou Jesus da mesma maneira. Explorou o máximo dele também
-Na história de Jó, depois de sua prova de fidelidade, o diabo o deixou e não se fala mais dele
-Na história de Jesus, depois da tentação no deserto, o diabo também o deixou (Mat.4:11)
-Aqui está uma outra lição: A de ser fiel até a morte, não importa o preço
-Outra lição: Prova nossa fidelidade, o diabo tem que nos deixar também

Sexta – conclusão – 14 de outubro de 2016
-A palavra maldição, amaldiçoar aparece algumas vezes nesse início da história
*Satanás disse que Jó amaldiçoaria Deus na cara
*Jó oferecia sacrifícios porque seus filhos poderiam ter amaldiçoado a Deus
*Sua esposa aparece dizendo “amaldiçoa teu Deus e morre”
-Em nenhum caso isso aconteceu. Ninguém amaldiçoou ninguém
-Embora Jó não soubesse o que estava por trás de seu sofrimento, ele ficou firme
-Embora não entendamos tudo que se passa conosco, devemos igualmente ficar firmes

Flavio Reti
Ancião e membro da Igreja do IASP

Os comentários estão encerrados.