Meditação diária de 27/12/2019 por Flávio Reti – Robert Bruce
27/12/2019
Meditação de Pôr do Sol 27/12/2019 por  Brenda Pimenta
27/12/2019

Comentários da Lição 13 (4o Trim/2019) por Classe dos Pais

LÍDERES EM ISRAEL

Lição 13 – 4o Trimestre/2019

Estamos concluindo a última lição do trimestre e do ano. Estudamos com detalhes os livros de Esdras e Neemias e seus exemplos de liderança eficaz. Não é de se estranhar que a lição conclua abordando o mesmo assunto.

Durante todo o trimestre a lição abordou 3 pontos principais: a providência de Deus, a fidelidade para com Deus e a aliança com Deus. Esdras e Neemias foram exemplos de líderes que restauraram muito mais do que aspectos físicos de uma nação. Eles transformaram a vida espiritual de um povo! E tudo isso utilizando única e exclusivamente a Palavra de Deus. Eis aqui a primeira lição: devemos entender que a Bíblia deve ser sempre a direção para nossas vidas.

Outra lição que podemos tirar desse trimestre é que grandes líderes, com pequenas ou grandes posições de influência, refletem o caráter de Cristo. Querendo ou não, no quesito influência, somos todos líderes sobre outras pessoas. O seguinte texto confirma isso: “Todos temos uma influência, e essa influência pesa sobre o destino de outros para seu bem presente e futuro ou para sua perda eterna.” Testemunhos Para a Igreja, v. 3, p. 520. Que grande responsabilidade!

Na Bíblia temos exemplos de líderes que influenciaram para o bem e outros para o mal. Seja qual for o seu nível de liderança, o mais importante é refletir os princípios e ensinamentos das Escrituras. Pela nossa natureza pecaminosa isso não é uma tarefa fácil, mas se nos relacionarmos com Deus através da oração, do estudo da Bíblia, fazendo a nossa parte, Deus nos ajudará com esse desafio. Pode ser que você tenha liderados e não se considere um grande líder, mas saiba que seu exemplo, caráter e dedicação a Cristo fazem a diferença para essas pessoas.

Consegui identificar várias características marcantes de um líder nessa lição, mas para mim as mais importantes foram coragem, serviço e humildade. Curiosamente, são característica que admiro também em Cristo e tomo pra mim como exemplos importantes de suas atitudes enquanto esteve aqui na terra.

Coragem

O líder em muitas oportunidades terá que tomar à frente e decidir o que ninguém mais tem a iniciativa de decidir. Sempre digo que quando todos falham, quem sobra e tem que resolver a “bucha” é o líder! Vimos muitos exemplos de Esdras e Neemias nessas situações e eram momentos muito delicados. Mas, a coragem deles veio da compreensão que eles tinham da realidade e do poder de Deus, aliada à fé que norteou suas ações. Essa é mais uma lição importante que podemos tirar desses dois guerreiros.

Serviço

Verdadeiros líderes encorajam, delegam, empoderam (que é uma linguagem muito utilizada atualmente), dão exemplo trabalhando e apoiam a tarefa realizada pelos liderados. São muitas vezes os primeiros a começar e os últimos a concluir o serviço. Para muitos isso pode parecer que a pessoa é boba, escrava e não faz mais do que a sua obrigação. Mas, quando temos foco no que estamos fazendo o serviço nunca é penoso, exigente e excessivo. Há prazer em servir, é recompensador e entendemos que a melhor maneira de liderar é servir aos outros.

São Francisco de Assis tem uma frase muito conhecida que diz: “Pregue o Evangelho em todo tempo. Se necessário, use palavras.” Portanto, fale menos e sirva mais!

Humildade

Essa característica não é fácil de se identificar num líder. Talvez pelo fato do líder tomar a frente e muitas vezes ter que impor uma personalidade forte e um temperamento firme, achamos que líderes não tem essa característica. Mas, humildade não é somente estar disposto a se humilhar, mas ter a consciência das suas próprias limitações. É ter modéstia, não ter vaidade e ser simples. Cristo disse: “Se alguém quer ser o primeiro, será o último e servo de todos.” Sempre digo: humildade, humildade e humildade e quando você se esquecer, humildade novamente. Isso não quer dizer que você não tenha que dar o seu máximo para fazer o melhor que você pode. Mas, se você for humilde, dependerá de Deus em tudo que for fazer. Esvaziar-se a si mesmo do eu é uma obra que somente Cristo pode realizar em sua vida. Contraditório, mas real.

Concluindo os comentários, cabe aqui uma simples comparação entre o líder e o chefe:

LÍDER CHEFE
Orienta Manda
Incentiva Ameaça
Diz: Vamos lá Diz: Vai lá!
É companheiro É autoritário
Diz: nós Diz: eu!
Ajuda Atrapalha
Assume responsabilidade Aponta culpados
Partilha conhecimento Faz mistério
Acompanha Fiscaliza
Confia Desmoraliza
Só Promete o que sabe que vai cumprir Promete, não cumpre e se justifica

Talvez você tenha pensado em alguém que o liderou e identificado em qual quadro essa pessoa se encaixa. Agora, avalie friamente qual deles você tem espelhado. Se algumas ações têm formado o seu perfil como CHEFE, vale a pena uma auto avaliação. Você pode também procurar o melhor coach que existe que é Deus. Ele pode, através da Bíblia, Espírito de Profecia, livros da Casa Publicadora Brasileira e outros periódicos, ajudar você, assim como dirigiu Esdras e Neemias nos exemplos durante todo esse último trimestre.

Meu desejo é que as lições aprendidas nesse trimestre fiquem gravadas em nossas mentes, em nossos corações e se tornem hábitos desenvolvidos e que possamos usá-los nos desafios da vida para sermos exemplos de verdadeiros líderes cristãos.

 

Heber Girotto
Membro da Igreja do Unasp-HT desde 2011.

 

 

 

 

 

Os comentários estão encerrados.