Meditação diária de 31/03/2017 por Flávio Reti
31/03/2017
Meditação diária de 01/04/2017 por Flávio Reti
01/04/2017

Comentários da Lição 1 (2o Trim/2017) por Flavio Reti

Lição 1 – CONHECENDO PEDRO

-Pedro foi o camarada de quem mais se ouve falar nos evangelhos e no Novo Testamento
-Cometeu erros e acertos, mas semelhante a Davi ele sempre se arrependia. Era uma de suas virtudes
-Seu nome era Simão – Jesus que o chamou de Pedro em grego, Cefas em aramaico = pedra (Jo.1:42)
-Filho de João em Jo.21:15 ou de Jonas em Mat.16:17. Daí o nome Barjonas = filho de Jonas
-Era irmão de André quem o levou a Jesus, quando disse achamos o Messias (Jo.1:40, 41)
-Profissionalmente = pescador. Residência = Cafarnaum. Eventualmente veio a ser um dos doze
-Era casado (Mat.8:14 e I Cor.9:5). Personalidade = impulsivo, colérico (Mat.14:28, Jo.21:7)
-Comportamento afetuoso (Mat.26:75) e às vezes presunçoso (Mat.16:22
-Fez confissão pública de sua fé duas vezes (Mat.16:16; Jo.6:68)
-Foi repreendido na cara por Jesus (Mar.8:33) e por Paulo (Gal.2:11)
-Mas Pedro apesar de cheio de defeitos, foi um pecador arrependido (At.2:14)
-Tornou-se ousado e corajoso (At.4:13, 19, 20) Passou a orar de modo mais eficaz (At.9:40)
-Realizou vários milagres como estão relatados:
Cura de um aleijado (At.3:6,7)
Ressurreição de Dorcas (At.9:36,37,40)
Curou o paralítico Eneias (Luc.9:33, 34)
Curava doentes ao passar com sua sobra (At.5:15,16)
-Pedro é uma prova do poder transformador do evangelho de Cristo
-Os demais apóstolos também foram transformados, exceto Judas que não se permitiu transformar

DOMINGO – AFASTA-TE DE MIM
-Os discípulos haviam passado a noite pescando no mar da Galileia.
-Não era mar, era lago de água doce de 21 km x 13km (Tíberíades, Genesaré, Mar da Galileia)
-E nada apanharam. Jesus mandou lançar as redes outra vez e de dia, contra o costume
-E apanharam muitos peixes de modo que as redes se rompiam
-Pedro teve medo e se prostrou dizendo: Afasta-te de mim porque sou pecador
-Ali ele reconheceu em Jesus o Messias, e Jesus aproveitou a ocasião dizendo
-Também eu te digo, que tu és Pedro e sobre esta Pedra edificarei a minha igreja
-Não temas. De agora em diante serás pescador de homens (Veja At.2:41)

SEGUNDA – CONFESSANDO A CRISTO
-Passo seguinte, alguns discípulos seguiram a Cristo. Deixaram tudo e o seguiram
-Estando a sós, Jesus perguntou: Quem diz o povo que eu sou? Houve várias respostas
-Pedro se adiantou: Tu és o Cristo, o filho do Deus vivo.
-Os judeus oprimidos viam em Jesus o futuro rei para os libertar do jugo romano
-Os judeus ricos viam em Jesus alguém que desbancaria os privilégios de muitas benesses de Roma
-Mas Jesus explicou que seu reino não era deste mundo, que ele viera morrer pelo povo
-Pedro e os demais viram sua esperança frustrada e disse “de modo nenhum, Senhor”
-“Tenha Deus compaixão de ti, Senhor, isso de modo nenhum te acontecerá” (Mat.16:22)
-Os discípulos tinham, então, certeza de que ele era o Messias, como seria agora morto?
-Se aquela ideia de Pedro desse certo, Jesus falharia, e satanás venceria
-O plano da salvação teria feito água e o mundo estaria eternamente perdido
-Naquele momento, Pedro se prestou para ser o porta-voz de satanás
-“Arreda! Satanás” disse Jesus, “Tu és para Mim pedra de tropeço porque não cogitas das coisas de DEUS e, sim, das dos homens” (Mat. 16:23)
-Palavras duras de Cristo, chamando um amigo de satanás
-Poucos minutos antes: Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja
-Poucos minutos depois: Tu és para mim uma pedra de tropeço
-Corrigindo: Jesus nem sempre foi manso e gentil. Ele sabia ser rude e firme quando necessário

TERÇA – ANDANDO SOBRE AS ÁGUAS
-Eu só consigo andar sobre a água quando ela está esparramada no chão e eu piso em cima
-Acho que é falta de fé e não de capacidade, de prática. Minha fé é muito pequena
-Alguns insetos têm mais fé do que eu, porque eles conseguem andar sobre a água literalmente
-Além do próprio Jesus, somente Pedro conseguiu realizar essa façanha
-Jesus havia recém realizado a multiplicação dos pães e dos peixes
-Com esse milagre, o povo percebeu o poder de Jesus e pensaram proclamá-lo como um rei
-Queriam iniciar a derrubada dos romanos e iniciar a independência dos judeus
-Mas não era esse o plano de salvação que Jesus veio realizar
-Houve até um plano de sequestrar Jesus (Desejadop.377 a 382)
-JESUS despediu a multidão e mandou os discípulos entrar no barco e ir ao outro lado
-Assim Ele estava desfazendo o plano de arrebatamento e proclamação da independência
-Enquanto remavam, formou-se uma tempestade em que vieram sentir grande medo
-A necessidade de JESUS agora era como Salvador, não como imperador
-No auge do medo, ainda aparece alguém caminhando sobre as ondas
-JESUS já estava vindo em seu socorro, como sempre, na hora certa
-Aqueles homens corajosos agora gritavam apavorados como crianças, pensando ser um fantasma -Ele disse que não tivessem medo, pois era Ele. Então Pedro quis ir até ele, sobre as ondas
-JESUS autorizou e Pedro imediatamente pôs o pé sobre as águas e depois o outro, e não afundou
-Pôs-se a caminhar. Mas, as ondas eram apavorantes, e foi afundando, e gritou por socorro
-Precisava de um Salvador, não de um imperador. E lá estava o Salvador JESUS

QUARTA – NEGANDO SEU SENHOR
-O tempo passou, agora já fazia 3 anos que estavam juntos com Jesus, já estavam entendendo melhor
-Pedro esteve no Getsêmani juntamente com o Senhor Jesus, aonde foram para orar
-Ele também deveria ter orado pedindo poder para si e para Jesus. Mas ali Jesus acabou sendo preso
-Ousado como era, acompanhou de perto Jesus sendo levado já amarrado à presença de Caifás
-Sem que esperasse, ele foi 3 vezes identificado como um dos discípulos
-No momento, não era seguro ser identificado com Jesus, ser amigo dele seria correr risco também
-E Pedro acabou negando seu Senhor 3 vezes, embora de antemão avisado disso
-O que ele disse que de modo nenhum faria, acabou fazendo três vezes seguidas
-Quando ele fitou Jesus, Jesus já o estava fitando. Nesse momento um soldado desferiu uma bofetada
-Era o demônio interferindo, tentando evitar o olhar de Jesus, mas Pedro já havia percebido
-Chorando de vergonha e arrependimento, Pedro saiu correndo sem saber para onde
-Em algum lugar ele caiu e agora sim, pôs-se a orar. Esse era o lugar em que deveria ter orado
-Ele voltou ao Getsêmani onde JESUS o havia convidado a orar
-Se não orou para se preparar, orou para pedir mais perdão e para demonstrar seu arrependimento
-Pouco depois Judas também voltou para o Getsêmani sem saber para onde ir
-Pedro experimentou o perdão, uma de suas grandes experiências de vida, a parte da vitória
-Judas não experimentou a vitória, apenas o fracasso e sua história acabou ali
-Cada um, por suas decisões, constrói sua vida, para sempre ou só por um tempo

QUINTA – PEDRO COMO LÍDER DA IGREJA
-Depois de ter renunciado o eu e a confiança própria Pedro recebeu o chamado divino
-Quando te converteres, confirma teus irmãos. (ou apascenta minhas ovelhas)
-Isso era o que ele deveria fazer ao longo de sua vida posterior vivendo pela fé
-Mas não foi antes de ele reconhecer sua fraqueza, seu pecado e passar pelo arrependimento
-Pedro foi reabilitado na sua posição entre os 12. Agora deveria ser o pastor do rebanho
-Jesus insistiu até arrancar dele as palavras de arrependimento: “Tu sabes que eu te amo”
-Aí está. Sem amor sincero é impossível ser um bom pastor, mesmo tendo muitas qualidades

SEXTA – CONCLUSÃO
-Quase todos os grandes personagens de Deus foram impulsivos: Pedro, João, Paulo, Moisés
-Foram pessoas que facilmente dominavam os outros e não admitiam dominação
-Mas todos se arrependeram e se tornaram humildes pela atuação do Espírito de Deus
-Se você é colérico, já sabe que pode ser útil se também passar por uma transformação
-João, Pedro, Paulo, Davi, Moisés foram todos pessoas com graves defeitos
-Mas todos passaram pela transformação do caráter, passaram pelo arrependimento
-Logo, nós também podemos ser. Temos exemplos de que a pessoa pode mudar
-Romanos 112:2 “E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.

Os comentários estão encerrados.