Semana de Oração
27/11/2020
Encerramento da Semana de Oração
27/11/2020

Comentários da Lição 09 (4º Trim/2020)

LIÇÃO 9 – A IGREJA E A EDUCAÇÃO 

“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém”. Mateus 28:19,20

A educação tem um papel central na igreja. A pregação do evangelho, nas palavras de Jesus em Mateus 28:19 e 20, se daria através do ensino, sobre todas as coisas ordenadas. Este processo de aprendizado requer ambiente acolhedor, onde perguntar não ofende, duvidar não envergonha, e errar não condena. Nesta semana, estudamos como a educação cristã se expressa pelos valores do evangelho, na missão da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

A verdadeira educação cristã

Os maiores educadores acreditam que só se educa o homem de forma completa, integral. Este tipo de educação, que visa instruir o homem para uma concepção total da vida é chamada de educação cristã, confessional, que não perde de vista os valores próprios do evangelho. Assim, a formação de indíviduos no contexto cristão pressupõe o reconhecimento de que todos são filhos de Deus, salvos por Jesus, e dignos de educação, de nossa paciência, de nossa generosidade e de nosso respeito. Tanto é assim em nossas Escolas, quanto deve ser assim em nossas Igrejas. Desta forma, ninguém está pronto a ensinar a quem ainda não amou. A verdadeira educação cristã aprofunda-se no ser integral, abrindo pleno acesso à graça de Deus, no caminho duro, difícil e necessário do ensino.[1]

Chamados a viver como luz

Vós sois a luz do mundo”. A declaração de Jesus registrada em Mateus 5:14 chega aos ouvidos da igreja, e se transforma em compromisso para converte-se em ação. Muitas igrejas foram responsáveis por abrir as primeiras escolas. Não fosse a fé atuando com a razão, muitos lugares ainda estariam em trevas. E se é verdade que muitas Igrejas construíram primeiras escolas formais, também é verdade que uma igreja nunca deixa de ser escola, pois tem como missão romper as trevas, ainda que seja da prepotente razão humana, com a luz do conhecimento de Jesus. E dentro deste conceito que se abriga a Escola Sabatina, desde 1852, com a redação das primeiras lições por Thiago White. [2]

Vivendo como discípulos

Goodloe Harper Bell (1832-1899), talvez seja um nome desconhecido. Mas este homem, grande educador, foi o primeiro professor da Igreja Adventista do Sétimo Dia e cofundador da Escola Sabatina, na forma como conhecemos hoje[3]. Segundo o historiador Allan G. Lindsay, “nenhum outro indivíduo exerceu influência mais benéfica no desenvolvimento [da Escola Sabatina] do que Bell.[4] A verdade é que Bell, assim como toda a Igreja, estava representado nos discípulos de Cristo, ao receberem a Grande Comissão. A ordem de “Ide” ao mundo, “ensinando a guardar todas as coisas” faz dos discípulos de Cristo um corpo docente. Em outras palavras, todo discípulo carrega consigo um chamado ao Ensino.

Buscando a verdade

 A Apologética é o ramo da teologia que procura explicar racionalmente as verdades da fé cristã. Em 19 de maio de 2020 descansou um dos grandes apologistas da atualidade, Ravi Zacharias. Certa vez, declarou: “…se a verdade não é sustentada pelo amor, torna o possuidor dessa verdade detestável e a verdade repulsiva.” Com razão, pois a busca da verdade é uma jornada entre pontos sensíveis, de tensões e medos, de progressos e retrocessos. É natural que neste caminho de descobertas surjam dúvidas, que muitas vezes não serão sanadas, ou que sequer sejam racionais. Por isso é necessário tato por parte da Igreja, a compreensão que em muitos casos, a postura de amor lidará melhor com a dúvida do que os melhores argumentos racionais.

 Compartilhando nossa vida

 Compartilhar sempre foi o pressuposto de um ensino, pois ensinar é repartir conhecimento. Mas no contexto da Igreja, compartilhar pressupõe caminhar junto, dividir as transformações do evangelho na vida, de forma direta e prática. Muitas vezes, o compartilhar a vida será a mais poderosa lição da educação levada a efeito pela igreja. Atualmente, em tempo de muitos compartilhamentos, popularizou-se o conceito de crowdlearning, que nada mais é do que um modelo em que pessoas apaixonadas pelos mesmos assuntos aprendem e ensinam lado a lado. Assim já funciona na escola da igreja, desde os tempos primitivos: aprendendo e ensinando juntos, lado a lado, e apaixonados pelo mesmo Deus, aguardando o retorno de Jesus.

Conclusão

 O papel da igreja está intimamente ligado à educação. Enquanto escola, a igreja ensina segundo a filosofia do evangelho, para compreensão total da vida. A crença no poder da salvação, apodera-se da educação como meio de cumprir a missão. Assim, a Igreja revela, em sua ação evangelizadora, a sua concepção de educação, proporcionando ao homem a escolha lúcida da versão da vida e sua dignidade como filho de Deus.

[1] Palavras de Paulo Freire, ao tratar da atividade do Professor.

[2] https://ucb.adventistas.org/escolasabatina/2013/10/24/historia-narrada-escola-sabatina/

[3]https://en.wikipedia.org/wiki/Goodloe_Harper_Bell

[4]https://digitalcommons.andrews.edu/cgi/viewcontent.cgi?article=1522&context=dissertations

Os comentários estão encerrados.