Comentários da Lição 5 (1ºTri/2015)
31/01/2015
Comentários da Lição 7 (1ºTri/2015)
14/02/2015

Comentários da Lição 6 (1ºTri/2015)

Comentário da Lição da Escola Sabatina
Lição 6 – O que você vai receber não é o que está vendo
Por Josele Vizotto
ESTRELAS OU ESGOTO?

Você já deve ter ouvido aquela alegoria na qual dois detentos olham através das grades de sua cela, tendo a cidade de Paris ao longe. É noite. Cada um tem seu momento na janela. Em silêncio olham a paisagem externa. Finalmente sentam-se no chão e um deles respira profundamente e sorri, intrigando o colega que não entende a razão pra essa manifestação de “deliciamento”.

“Afinal, o que foi que você viu lá fora?”, pergunta inconformado.

“Ah! Eu vi as colinas prateadas, mas acima de tudo vi o céu exuberante, forrado de estrelas como nunca antes”, respondeu. E, surpreso com a pergunta, pois ambos haviam olhado através do mesmo espaço, também pergunta: “E você, o que viu?”

“Eu só vi o esgoto…”

Tudo é uma questão de escolha e sempre será. O bom e velho uso da vontade. Arbítrio. Uma dotação especial aos seres racionais. Um presente de Deus.

Provérbios tem tentado nos ensinar isso com palavras fortes e imagens contrastantes.

Agora, porém, temos uma perspectiva diferenciada a essa altura do livro de Provérbios.

São duas percepções claras que definem a origem dos nossos motivos, que regem as nossas escolhas, decidindo por fim o nosso destino. É isso aí!…

Estão lá: Provérbios 15:3 e 16: 1 a 3.

Tais percepções só são possíveis à mente humana sob ação do poder do Espírito Santo, levando às boas e sábias decisões:

A primeira: O profundo senso da presença de Deus, permanente e abrangente, e à qual, se formos sábios, nos submeteremos em humilde e reverente obediência. Longe de nos sentirmos acusados ou acuados, perceberemos nessa Presença o amor e cuidado de um Pai que só quer o bem dos Seus filhos. É um conforto, um colo, um carinho.

A segunda: Deus é soberano sobre tudo e todos, inclusive tempo e espaço. Ele está no controle e usará toda e qualquer circunstância para o nosso bem e a nosso favor, ainda que tenhamos estragado quase tudo. Só Ele pode fazer isso.

O resultado?

Você pode definir como Milagre. Aquele tipo de milagre que faz com que seres humanos destroçados pelo pecado e em meio a um mundo turbulento e frio consigam chegar à

RETIDÃO (Provérbios 14:2)

CONFIANÇA (Provérbios 14:26)

SERENIDADE (Provérbios 14:29)

ALEGRIA (Provérbios 15: 13 e 15)

EQUILÏBRIO (Provérbios 16: 32)

Utopia? Não, Sabedoria.

É só escolher. Esgoto ou Estrelas?

 

Josele

Os comentários estão encerrados.