Meditação diária 30/06
30/06/2021
Meditação diária 01/07
01/07/2021

Comentário Lição nº01

Tema Geral – Descanso em Cristo

Lição 1: Vivendo em uma sociedade que não para

“A minha alma suspira e desfalece pelos átrios do Senhor; o meu coração e a minha carne exultam pelo Deus vivo!” (Sl 84:2).

Nossa vida é governada por horários de pico no trânsito, horas de trabalho, consultas médicas, conversas pelas redes sociais, compras e atividades escolares. Quer usemos transporte público,   pilotemos uma motocicleta ou dirijamos um carro para transportar nossa família, o envolvimento com o mundo ao redor ameaça sufocar o que é realmente importante.

Como podemos descansar em meio a tanta agitação?

Exaustos e cansados

Leia Gênesis 2:1-3.

Com todos os nossos dispositivos para economizar tempo de trabalho, hoje deveríamos estar menos cansados do que as pessoas que viveram nos séculos passados. No entanto, o descanso parece estar em falta. Mesmo quando não estamos trabalhando, somo envolvidos por atividades frenéticas. Sempre parece que, de alguma forma, estamos atrasados; por mais que consigamos fazer as coisas, sempre há mais a fazer.

O relato contido em Marcos 6:31 lança luz sobre Gênesis 2:1-3, o Criador sabia que precisaríamos de descanso. Ele formou ciclos no tempo – as noites e o sábado – para nos dar a chance do repouso. Aceitar Jesus como Senhor da vida significa reservar tempo para descansar. Afinal, o mandamento do sábado não é apenas uma sugestão!

O que você pode fazer para usufruir mais o descanso físico e espiritual que Deus deseja para nós?

Falta de ânimo

Durante os turbulentos anos que antecederam a destruição de Jerusalém pelos Babilônios, Baruque, o escriba de Jeremias, deve ter se sentido, muitas vezes, abalado emocional e fisicamente. No relato de Jeremias 45:1-5, percebemos nas linhas e entrelinhas o sofrimento de Jeremias. Baruque, então, recebe uma mensagem de Deus. Nessa mensagem, percebemos que o sofrimento de Deus foi muito maior que o de Baruque. O Escriba obteve a certeza de que, pela misericórdia de Deus, sua vida seria preservada.

A mensagem para Baruque foi registrada para que saibamos que o mesmo Deus está ao nosso lado sempre, principalmente em nossa dor e sofrimento.

Definição de descanso no Antigo e no Novo Testamento

No Antigo Testamento, existem várias palavras traduzidas como “descanso”. Seu significado varia. Podem ser traduzidas como “alívio, quietude, paz ou tranquilidade”.

Deuteronômio 31:16 e 2 Samuel 7:12 se referem, respectivamente a Moisés e David, quando estes se “deitariam, dormiriam”, fazendo menção à morte deles. No que diz respeito à morte, sabemos que ela é uma inimiga que será eliminada. Por mais que choremos a perda dos nossos queridos, é reconfortante saber que, pelo menos por enquanto, eles estão descansando.

 No Novo Testamento, as palavras traduzidas como “descanso” podem ser interpretadas como “descansar, relaxar ou estabilizar”. Todas essas palavras têm uma coisa em comum: implicam paz interior, sensação de calma e tranquilidade. Esse descanso é um presente de Deus a Seus filhos cansados quando vão a Ele com fé.

Fugitivo e errante pela terra

Leia Gênesis 4:1-17

A história de Caim demonstra que não há descanso quando o ser humano se rebela contra os mandamentos de Deus e confia em seu próprio julgamento. Caim desconsiderou as claras instruções divinas. Sua religião era de obras humanas. Ele exaltou sua própria opinião acima da revelação do Senhor. Abel, por outro lado, teve paz até na morte, porque depositou sua confiança no Deus da vida.

Conclusão

O estudo desta semana nos apresenta pelo menos três lições práticas:

  • Quando nos tornamos ocupados demais para descansar sob os cuidados amorosos do nosso Criador, a vida se torna cheia de estresse e ansiedade. Esse estresse pode levar a doenças físicas e ao sofrimento emocional.
  • Nosso Criador nos projetou para descansar. O descanso é mais do que físico, por mais importante que seja esse aspecto. É a paz de espírito que vem de crer em Sua Palavra, confiar em Suas promessas e entrar na bem-aventurança do Seu descanso sabático.
  • Viver longe do nosso Criador, conforme ilustra a experiência de Caim, apenas frustra nossas tentativas de ter paz interior e alegria duradoura. O descanso vem de uma relação de confiança com Aquele que nos criou. Em Cristo, há descanso; em Suas promessas há segurança; em Sua presença estamos livres de ansiedade e preocupação.

Prof. Humberto Costa Cezar – Membro da Igreja do UNASP Hortolândia

Os comentários estão encerrados.