Comentário Lição 7 – 3º trimestre
13/08/2021
Culto de Adoração
22/08/2021

Comentário da Lição 8

LIVRES PARA DESCANSAR

TEMA GERAL

O nosso maravilhoso Deus é a solução para todas as enfermidades, sejam enfermidades físicas, emocionais ou espirituais. Veremos dois casos : Um não tinha nem forças para ir a Jesus. O outro triste depressivo e com medo; perdeu até o prazer de viver.

A boa notícia é que Deus não fica em seu trono apenas esperando. Mas é um Pai amoroso que vai em busca dos feridos, cansados e tristes.

VERSO PARA MEMORIZAR:

O Senhor é a minha luz e a minha salvação; de quem terei medo? O Senhor é a fortaleza da minha vida; a quem temerei? Sl 27:1

Domingo – Descanso que cura

Aquele paralítico havia trazido a doença sobre si por causa de seus pecados, e não havia cura para ele. DTN 267-271.

Comentário.

Os líderes espirituais sempre buscavam o culpado.

Aquele homem paralítico teve um lampejo de esperança quando ouviu as histórias de Jesus. Amigos o levaram até Jesus.

Precisamos de amigos verdadeiros na obra do Mestre que levem os enfermos aos pés de Jesus. Que estejam dispostos a fazer algo nunca visto, como destelhar uma casa para colocar o enfermo em contato com o Salvador.

Segunda – Tratando a raiz do problema

“Filho, os teus pecados estão perdoados.”

Comentário

Nós nos preocupamos muito com os sintomas de um enfermo. Jesus porém sabia qual era a origem daquela enfermidade. Por isso foi direto à raiz. “Teus pecados estão perdoados.” Pense no alívio que aquele enfermo experimentou. Nós também precisamos disso, ter a certeza do perdão e ter a certeza da salvação. Assim teremos novamente alegria e esperança em nosso coração.

Naquele instante Jesus revelou claramente a sua messianidade. As palavras e atos de Jesus iam muito além de uma cura física. Revelavam seu amor, sua misericórdia, seu poder, e sobretudo o caráter redentivo de sua missão.

A grandiosidade do perdão e restauração da raça humana só pode ser vista à luz do filho de Deus pendurado em uma cruz.

Terça – Fuga

“Responde-me Senhor, responde- me, para que este povo saiba  que Tu, Senhor, és Deus….então caiu fogo do Senhor e consumiu o holocausto, a lenha, as pedras,  a terra e ainda lambeu a água que estava no rego.” I Reis 18:37,38.

Comentário.

Aquele poderoso profeta, homem de Deus, no outro dia após esta grande manifestação do poder de Deus, estava fugindo desanimado e pedindo a morte. Nem parece ser o mesmo profeta Elias. Como é possível uma mudança tão rápida?

Deus é maravilhoso em nos mostrar as fraquezas dos seus  servos.

Um profeta como Elias que foi levado vivo para o céus… Como Deus foi paciente com ele e como o tratou neste momento de tristeza, depressão e medo. Ele também não nos perde de vista nem desiste de nós em nossas fraquezas.

Quarta – Cansado demais para fugir.

“Temendo pois, Elias levantou-se, e para salvar sua vida, se foi, e chegou a Berseba….se assentou debaixo de um zimbro…” l Reis 19:3,4.

Comentário.

Deus não abandonou Elias. Deus enviou um anjo para alimentar seu servo desanimado.  Imagine a energia que lhe forneceu aquele alimento. Se for necessário Deus enviaria todos os anjos do céu para salvar um de seus filhos aflitos. Deus esteve com Elias naquela longa jornada, que parece desnecessária.

Quantas lições podemos tirar e há muita pedagogia divina nessa caminhada: reflexão, exercício, estar assós com Deus, ter um encontro pessoal com Deus, ouvir sua voz, perceber o cuidado dele por nós.

Quinta- Descanso e mais.

“…Com a força daquela comida, caminhou quarenta dias e quarenta noites até Horebe, o monte de Deus. Ali, entrou numa caverna, onde passou a noite; e eis que veio a palavra do Senhor e lhe disse: que fazes aqui Elias?” I Reis 19:8,9

Comentário.

Elias estava cansado e desanimado. Esse poderia ser o fim dessa história.

Mas não foi. As melhores coisas estavam no futuro próximo. Mas Elias precisava ser curado primeiro. Em vez de permanecer em Israel para orientar o povo que tinha se voltado para o Deus de Elias, ele fugiu. Atravessou o mesmo deserto onde Israel permaneceu 40 anos. Ele caminhou 330 km até Horebe.

Temos grandes lições a aprender com o número 40.

•          O dilúvio durou 40 dias e 40 noites. Gên 7.

•          Israel andou 40 anos no deserto. Núm 14.

•          Moisés no monte Sinai: 40 dias e 40 noites. Êx 24.

•          Moisés cuidou das ovelhas no deserto por 40 anos.

•          Expias levaram 40 dias para retornar. Números13:25

•          Jesus jejuou 40 dias. Mateus 4

•          Ascensão de Jesus 40 dias após a  ressureição. At. 1

Um tanto curioso ao notarmos estes e outros acontecimentos em 40 dias. Parece haver algum ensinamento. Um tempo para aprender, ser curado ou realizar algo.

“Que fazes aqui Elias?” Ele estava procurando o lugar onde Moisés havia se encontrado no monto de Deus. Seu desejo foi atendido. Deus se revelou de forma mansa e tranquila. Ele precisava  ter uma nova compreensão de Deus.

Sexta- Destaques

– Devemos confiar plenamente em Deus, nossa vida está em suas mãos .

– A grande notícia é que Deus pode nos dar descanso mesmo na tempestade.

– A certeza do perdão nos  restaura.

– Elias teve seus momentos difíceis, mas foi levado ao céu numa carruagem de fogo.

– Jesus oferece alívio e descanso para todos os aflitos peregrinos que o buscam de coração.

Pr. Moizés Liidtke

Os comentários estão encerrados.