Meditação diária de 29/11/2019 por Flávio Reti – Scipione Riva Rocci
29/11/2019
Meditação de Pôr do Sol 29/11/2019 por Walter Jason Schveitzer
29/11/2019

Comentários da Lição 9 (4o Trim/2019) por Classe dos Pais

Lição 9 – Provas, tribulações e listas

“ […] firmemente aderiram a seus irmãos; seus nobres convieram, numa imprecação e num juramento, de que andariam na Lei de Deus, que foi dada por intermédio de Moisés, servo de Deus, de que guardariam e cumpririam todos os mandamentos do Senhor, nosso Deus, e os Seus juízos e os Seus estatutos” (Ne 10:29)

Estamos analisando no trimestre, a luta para mantermos na nossa vida, o que Deus quer que façamos e vivamos.

O maior desafio é a infidelidade do povo, que se recusa a seguir a vontade de Deus.

Ser fiel às instruções do Senhor é a mais forte prova para a igreja.

Esdras, entendeu que o poder para mudar vem do estudo e aplicação das escrituras.

A mais forte apresentação dos temas são: a providência, a fidelidade e a aliança de Deus.

O objetivo era reconstruir Jerusalém, sua administração e a autonomia nacional, em preparação para a vinda do Messias.

Ao analisarmos na lição 9, as genealogias e numeração de utensílios e artigos trazidos de volta por Sesbazar (Zorobabel) 

Ao templo do Senhor, também há uma lista dos sacerdotes e levitas que deviam atuar afim de que a Verdadeira adoração ao Senhor continuasse acontecendo.

Tais detalhes demonstram o cuidado de Deus até pelas pequenas coisas de nossa vida. 

O que estas listas nos ensinam?

Deus não se esquece de seu povo, ele preserva nossas famílias, e que cada família, tem um papel na sua obra.

Os que voltaram demonstraram coragem e confiança na direção divina, a despeito da sprovas, incertezas, dificuldade que enfrentam.

Mais de 40 mil voltaram nos vários grupos do mais importantes ao mais simples, mais todos foram listados.

A mensagem é bem clara; Deus conhece os que são dele, e ninguém será ESQUECIDO.

Cada um tem um papel a desenvolver no grande plano da salvação.

Cada um de nós recebe diferentes dons e as vezes atribuições especiais.

Ele criou cada um de forma diferente para que juntos formemos um corpo completo de crentes.

Os animais: 736 cavalos, 245 mulas, 435 camelos, 6720 jumentos. Para que todos tivessem cuidado e atenção os sacerdotes.

O cuidado de Esdras em levar sacerdotes para fazer todo o trabalho do templo mostra o cuidado de ter sempre a Deus em primeiro lugar.

Os utensílios foram catalogados e entregues aos cuidador dos sacerdotes pois eram santos, separados para apresentar ao Senhor e seus sacrifícios.

A confiança que chegariam em segurança não estava em exércitos ou proteção humana.

Um período de Jejum e oração foi feito.

Oraram se entregando e confiando na direção divina.

E… começaram a agir.

Uma obra de restauração espiritual deve ocorrer nos últimos dias da história da terra. De que lado estaremos?

Cada um de nós é um templo, como está? Os muros da nossa cidade (nosso lar) estão precisando de restauração?

Temos que preparar e fazer reforma, pois em breve Jesus vai voltar a segunda vez. 

Aceita o desafio?  Se sim… BEM VINDO AO POVO DE DEUS! Pois teremos muito a fazer. Deus nos guiará e protegerá!

(Comentário de Walter Jason Schweitzer, membro do UNASP/HT). 

Os comentários estão encerrados.